Resenha: The Heart Of Betrayal

10:43


Resenha The Heart Of Betrayal

Título Original: The Heart Of Betrayal
Autora: Mary E.Pearson
Editora: DarkSide
Série: Crônicas de amor e ódio (Resenha do primeiro livro
Páginas: 402
Gênero: Ficção
Comprar: Amazon 
Sinopse: Em The Heart Of Betrayal -  Crônicas de amor e ódio volume 2, Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela. Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentira. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, descontroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperado com eles. Lutando com a sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família... e seu próprio destino. 

Resenha The Heart Of BetrayalLia e Rafe se tornam prisioneiros em Venda. Venda é um reino bárbaro, comandada pelo Komizar. Kaden entrega Lia ao Komizar e usa seu relacionamento baseado em lealdade, como o braço direito dele para tenta convencê-lo de que a princesa Lia tem mais serventia para eles viva do que morta, por conta de seu Dom. O Komizar é um homem mal e muito cruel e nós vamos percebendo muito isso durante todo o livro. 
Lia enquanto prisioneira passa por bastante humilhações até que o Komizar percebe o quanto ela pode ser importante. Lia consegue se aproximar mais do seu Dom, ela vai se aprofundando cada vez mais nele ao se aventurar pelas catacumbas e ruínas de sua prisão.  Ela passa a conhecer os costumes de Venda, a forma precária de vida que existe ali e começa a desconstruir seus pontos de vista sobre as pessoas que vivem em Venda.
"Mentiras teriam que ser contadas. Confianças, conquistadas. Limites desagradáveis, cruzados. Tudo isso pacientemente entremeado, e paciência não era meu ponto forte. "
Resenha The Heart Of BetrayalEnquanto isso Rafe consegue escapar de uma execução pois se apresenta como um comissário do príncipe e não como o próprio príncipe. E junto com seus amigos tenta elaborar um meio de fugirem de Venda.  
Lia se aproxima aos poucos dos habitantes de Venda, ela começa a contar histórias e cantar história dos Antigos e o povoado passa a vê-la como um sinal enviado pelo Deuses.  Lia e Rafe conseguem se ver em alguns momentos e a relação deles cada vez ganha mais força, porém Kaden começa a demonstrar mais seus sentimentos por ela e podemos perceber alguns olhares de afetos vindo de ambos os lados.
"Você é uma moça estranha, Lia. Astuta e calculista, é o que me diz Malich, e dada a jogos, o que eu admiro. Mas não admiro a mentira."
Resenha The Heart Of Betrayal
Eu me apaixonei por The Kiss Of Deception e logo em seguida comecei a ler The Heart Of Betrayal, estava em uma ansiedade para ver o que iria acontecer com lia.  A Mary E. Pearson nos encheu de novas informações,  podemos perceber nesse segundo livro um grande aprofundamento sobre os reinos de Morrighan, Dalbreck e Venda.  Também tivemos mais contato com a parte da mitologia fantástica contada pelos “Últimos testemunhos de Gaudrel” e também do “Livro de textos sagrados de Morrighan”. Rafe é um pouquinho insignificante pro desenrolar da história, e Lia mostrou ser muito corajosa e bastante inteligente. Mostrando que não é uma menininha, a personagem amadureceu muito durante a história. Nunca sabemos o que esperar de Lia e isso me fez gostar mais ainda do livro. 
Esse livro é um pouco mais lento do que o primeiro, porém não achei tão maçante assim (Já vi pessoas falando que não conseguiram terminar o livro pois ele era enrolado demais) porém não chegou a me incomodar em nada, pois essa lentidão se fez necessária para que pudêssemos ver bem mais das tramas politicas que estavam acontecendo. A escrita continua bem fluida e bastante envolvente e ainda podemos ver o ponto de vistas de outros personagens na história, o que eu particularmente gosto demais, pois acaba oferecendo uma visão muito maior do que está acontecendo na história.
O final desse livro é de tirar o folego, eu estava me sentindo presente naquele momento que até meu coração batia aceleradamente, já estava quase saindo pela minha boca. Lia é uma princesa sensacional e estou louca para ler o terceiro livro ( que está na minha lista de leituras para esse ano! )

E você, o que achou desse segundo livro? Deixe aqui nos comentários, vou adorar saber! 

Veja também:

0 comentários